quinta-feira, setembro 22, 2005

Humor Físico

Vou tentar reproduzir esta piada em texto:

-O que é isto?
[Ponham os braços de lado, a apontar para o céu e com os cotovelos a fazerem um angulo recto, e encham as bochechas]





Já fizeram? Então a resposta é:








Uma ervilha espetada num garfo!


Esta piada foi-me contada durante o último fim de semana pelo filho de um conhecido professor do Departamento de Engenharia Informática cujo nome do meio, acrescido de uma marca de chocolates, dá o nome de um membro desaparecido deste blog.

11 comentários:

RedScout disse...

Até parece que ele contou a piada só para ti :)
Eu e o TRAlves também estavamos presentes!

lagrymapreta disse...

Não sei porque criticas o rapaz (e não digas que não é uma crítica) quando também és capaz de fazer um ar triunfante quando representas a piada do "corneto de merda"!

RJT disse...

O "corneto de merda" é um clássico! Triunfiante é a palavra ideal para descrever o ar de quem o faz!

RedScout disse...

Hmm... isso não me soa a algo conhecido e não sei se quero que passe a ser...

Gabriel_MM disse...

Desaparecido? Isso queriam vocês!
Ando mas é mais taciturno... ehehheh
Faz-me falta uma bohémia no OAF.
Ou uma pseudo-qualquer-coisa no Tropical.
Ou alguma piada.
Ou alguma secura.

Gabriel_MM disse...

Eu sou como o Santaninha... vou andando por aí!

Gabriel_MM disse...

... e ando também entretido com um outro blog, mais de minha autoria.
Aliás, estava a precisar de conselhos aí dos informáticos cá da casa. Eu não sei fazer nada, o que também ajuda a que o blog em questão seja uma autêntica bosta.
Quem quizer fazer a boa acção do dia, que se disponibilise!

RedScout disse...

O importante num blog é mesmo o conteúdo, não o design...

RJT disse...

Ora viva! Pelo menos a boca serviu para dizeres qualquer coisa...

Manuel Oliveira disse...

Contem a do corneto de merda. plz. Ta fixe a da ervilha. Sim, vou contá-la e levar porrada à pala dela, mas gostei e continuem o bom trabalho.

RJT disse...

A pedido de muitas famílias, eu conto.

Agarras o queixo de outra pessoa com o punho fechado e perguntas "O que é isto?"

Resposta: um corneto de merda!