sábado, janeiro 01, 2005

Revelhão 2005

Rodeado do máximo secretismo (pronto, máximo não foi, porque o meu irmão não sabe estar calado e houve uma pequena leak), foi ontem apresentado o trailer promocional do dvd deste blog!
É uma verdadeira obra-prima do cinema, digna mesmo de um Kurosawa ou Hitchcock, com performances que lembram o Marlon Brando no seu melhor.
Depois de se resolverem uns pequenos problemas com o audio dos créditos finais, o trailer será disponibilizado a todos os que se mostrarem interessados. Só há um pequeno problema: o vídeo ocupa 80 megas, por isso precisamos que alguém arranje um sítio para meter o ficheiro. Se não der, logo se vê. Os interessados também não devem ser muitos.

Bom 2005!

22 comentários:

topealvim disse...

HEHE tive direito à primeira leak; mas é só mesmo saber que existe alguma coisa! Quero é ver a obra de arte completa.

Quanto a local de alojamento recomendo uma coisa para os jovens que gostam de ter o pc o dia inteiro ligado a participar em partilhas de ficheiros completamente legitimas existe uma coisa interessante e para quem tem tempo :D (http://www.no-ip.com/)

alienit disse...

Fácil,põe no emule (melhor ainda é enviares-me por email, para o da hotmail).



P.S:...outra opção é ficar à espera de o ver na Sic Radical :P

TRAlves disse...

Viva!

Eu posso alojar isso, mas com uma condição: eu quero fazer parte das futuras divulgações do Mestrado em Piadas Secas em qualquer um dos vários formatos já pensados (musical, BD, etc.)

Parabéns aos produtores deste trailer. Devo dizer que em nada prejudica o nível já alcançado por este blog. Por outro isso seria impossível.

Sofia Bento disse...

Queremos ver! Queremos ver! Queremos ver!

RJT disse...

Para partilhar, um torrent parece-me ideal, porque dá para várias pessoas distribuirem ao mesmo tempo, mesmo que o seu pc não esteja sempre ligado. Eu só não sei é como é q funciona o tracker, mas isso depois vê-se.

alienit: my dear friend, bemvindo a este pretensioso blog. Acho que não me vais reconhecer no vídeo...

Sofia Bento: no último dia de 2004 descobri que afinal te conheço, e ouço falar muitas vezes de ti (sempre bem entenda-se).

RedScout disse...

Mas eu vejo isso ou quê?

Sofia Bento disse...

Raios! Hmm... quer dizer, Flores!, queria dizer Flores (Vê, sr. RedScout, há pessoas que tentam cumprir as suas resoluções de ano novo)
Ultimamente, vejo-me muitas vezes nesta mesma situação. A última foi quase surreal. Num convívio entre várias pessoas, um rapaz dirige-se a mim e diz: "Eu já te vi". Assim, de chofre, sem bom-dia nem boa-noite à laia de introdução. Ainda mal refeita a tentar procurar as palavras, o mesmo torna à carga: "E tu já me viste". E o meu cérebro, profundamente desorientado, a procurar uma imagem e a não encontrar.
Assustador.
Agora, o sr. Ricardo diz que me conhece. O cavalheiro há-de convir que desta forma me coloca numa posição de desvantagem, já que, embora esteja a pensar numa possibilidade ela se me afigura como extremamente remota. Olhe, ainda bem que foi no último dia. E se de facto me conhece, queira ter a amabilidade de me responder de onde (veja lá não me destrua a reputação que granjeei nesta casa, se vir necessidade poderá fazê-lo por email - sofiabento@gmail.com).
Outro ponto, este sim, que me chocou profundamente, é o facto de afirmar que ouve falar muitas vezes de mim, já que nesta casa conheço (que eu saiba) apenas um morador.
Parece-lhe, sr. Ricardo, que eu deva ter uma conversa séria de mestranda em Piadas Secas para mestre em Piadas Secas com tal indíviduo?

Aproveito este comentário para sublinhar as palavras do RedScout sobre o trailer, Mas eu vejo isso ou quê?.

E dou conta da última piada seca que ouvi o ano passado, especificamente para deixar aqui um pensamento sobre características das piadas secas. Às vezes, uma frase pode tornar-se uma piada seca por ser dita de forma muito séria e por uma pessoa da qual tal não se esperaria. Foi assim que uma amiga em conversa, sempre muito séria me disse:
- E olha que eu nesse dia estava tão ralada... (pausa)...como a cenoura...(olhamos uma para a outra, muito sérias e um pouco surpreendidas, fazemos uma pausa longa)...(gargalhadas de ambas).

RJT disse...

Os problemas dos créditos já foram resolvidos. Amanhã ou quarta-feira eu começo a distribuir cds pelo pessoal.

Sofia: eu já te enviei um email. Espero não me ter enganado na pessoa. Se me enganei, peço mais uma vez desculpa.

Sofia Bento disse...

Não há engano, sr. Ricardo. Já está respondido. Bom, eu nunca imaginaria tal... :)

TRAlves disse...

Querem lá ver isto? Então toda a gente neste blog tem o prazer de conhecer a Sra.Sofia pessoalmente menos eu?

RJT disse...

Não chores, TRAlves...

Sofia Bento disse...

Tem razão, sr. TRAlves, é uma injustiça!!! Se bem que o cavalheiro já deveria estar precavido, tendo em conta a minha participação neste mestrado, há-de concordar que dificilmente será um prazer conhecer "pessoa tão irritante" como eu.
Mas não se preocupe, em breve lançaremos o DVD, e o livro, e o cd, e o show na Broadway e faremos um encontro de comemoração e estaremos todos juntos, em igualdade de circunstâncias.

RedScout disse...

Não te preocupes TRAlves. Eu também faço parte desse grande grupo (assim já somos dois) de pessoas deste blog que não conhece a Sofia.

RJT disse...

Não esquecer também a entrega dos Blosecos 2004!

TRAlves disse...

Ok. Assim já vou poder responder a uma pergunta que me tem intrigado ultimamente:

- Numa luta entre o Sr.TRAlves e a Sra.Sofia, quem ganharia?

Existe um devaneio em incubação (não gosto desta palavra...) acerca d'"As pessoas que me podem bater, ou até aleijar-me moderadamente". Queria saber se a Sra.Sofia é uma delas. Pode ser me torne numa pessoa mais simpática :).

Sofia Bento disse...

Se estivermos a falar de uma luta de argumentos e palavras, a sra Sofia, evidentemente. Oh, não é imodéstia. É sabido que os homens/rapazes/cavalheiros têm grandes dificuldades em aguentar ouvir as mulheres. E eu não os censuro. Afinal, eu vivo comigo 24h por dia e digo-vos: é duro!

RedScout disse...

Mesmo vivendo vivendo contigo 24h por dia, ainda tens algumas horas da noite para descansares de ti própria...

RJT disse...

Penso que de um espectáculo do grande Chris Rock, vem esta autêntica pérola do conhecimento:

"Women don't let a little thing like reason get in the way of winning an argument"

TRAlves disse...

Era mesmo fisicamente. Na minha lista de pessoas que "podem bater-me ou aleijar-me moderadamente" existem algumas que me garantiram que eram incapazes de erguer o seu braço para argumentar de uma forma violenta e física. Em todo o caso, existe sempre a possibilidade de isso acontecer (ainda que muito pequena). A minha obcessão em manter a integridade física faz-me temer toda e qualquer situação.

Isto deve-se a vários factores:

- Eu não sou propriamente um atleta. Vamos lá dizer as coisas abertamente: é fácil aleijar-me. Eu próprio estou sempre a aleijar-me, por isso é que sei.

- Ainda não conheço bem a minha capacidade de irritar outras pessoas. Sei que é grande, mas a verdade é que estou sempre a empurrar o limite mais e mais além.

Agora vou trabalhar. A minha project manager é uma menina simpática com menos de 30 anos, com cerca 1,65m e de 60Kg. Ela é capaz de me bater.

Sofia Bento disse...

" ainda tens algumas horas da noite para descansares de ti própria..." - sabem a pouco, RedScout, sabem a pouco.

O sr. RJT transcreveu agora uma grande verdade.

Sr. TRAlves: um puxão de orelhas, conta?

TRAlves disse...

Um puxão de orelhas??? Tremo só de pensar!

RedScout disse...

Acredito que sim... As horas em que eu descanço de mim próprio também sabem a pouco! Mesmo a muito pouco!