quinta-feira, março 31, 2005

O título não cabe aqui!!!!

"A qualidade dos cursos de pós-graduação através do aparecimento, desenvolvimento e execução das intenções em contexto académico. Análise de um caso prático"

Índice

Introdução - Nesta página logo a seguir a "consagrados exteriores ao próprio mestrado."
Objectivos - Nesta página logo a seguir a "aferir da qualidade do Primeiro Mestrado em Piadas Secas"
Análise de Dados - Nesta página logo a seguir a "através do vocábulo "vou"."
Interpretação de dados - Nesta página logo a seguir a "Transcrição de intenções de outros elementos exteriores ao 1º MPS - 7"
Conclusões - Nesta página logo a seguir a "por indefinições de carácter futuro e/ou interrogativo"
Recomendações - Nesta página logo a seguir a "elementos consagrados exteriores ao próprio mestrado."

Introdução

A existência das intenções tem levantado, recentemente, a problemática da aferição do sucesso dos alunos dos cursos de pós-graduação. Começa a tornar-se prática corrente, na gestão de empresas e administração pública, a solicitação aos trabalhadores dos objectivos que se propõem atingir, num determinado período de tempo, como forma de avaliação do respectivo desempenho. Esta prática tem vindo a imiscuir-se, paulatinamente, no contexto académico.
A investigação, que agora apresentamos, assenta na assumpção da avaliação do aluno estar dependente dos objectivos/intenções a que o mesmo se propôs e pretende reflectir o grau de execução das intenções dos mestrandos no Primeiro Mestrado Mundial em Piadas Secas.
A avaliação dos mestrandos permitirá aferir da qualidade do Primeiro Mestrado em Piadas Secas.

Objectivos

Os objectivos do trabalho que agora se apresenta pretendem concluir da qualidade do Primeiro Mestrado Mundial em Piadas Secas, através da avaliação da execução das intenções individuais proferidas pelos mestrandos, através do vocábulo "vou".

Análise de Dados

Os dados foram obtidos através da análise de conteúdo dos posts (a que só os mestrandos do 1º MPS têm acesso). Para evitar desvios analíticos, abstivémo-nos de analisar os comments, acessíveis a elementos exteriores ao Mestrado.

Declarações de intenções eventuais sem informação sobre a realização das intenções proferidas (ex. "Se calhar, até vou") - 2

Declarações de intenções com resolução em curso (ex. "vou fazendo") - 1

Declarações de intenções em forma musical seguidas de execução das intenções proferidas - 12

Declarações de intenções seguidas de negação e execução das intenções inicialmente proferidas - 5

Declarações de intenções seguidas de execução das intenções proferidas - 16+12

Declarações de intenções sobre uma matéria sem fundamento real (ex. "vou supor que") - 1

Declarações de intenções sem informação sobre a execução das intenções proferidas - 6

Declarações de intenções em forma interrogativa - 1

Transcrição de intenções de outros elementos exteriores ao 1º MPS - 7


Interpretação de dados

Os dados obtidos e transcritos no capítulo anterior traduzem o voluntarismo, por parte dos mestrandos do 1º MPS, em proferir intenções em diversos formatos e com resolução ou não das mesmas.

De uma forma geral, as intenções proferidas pelos mestrandos são realizadas (55%), ainda que cerca de 15% destas intenções passem por um processo de negação.

No entanto, das 51 intenções proferidas, 16% não têm qualquer informação sobre a resolução das mesmas.

Os mestrandos apoiam-se ainda nas intenções dos outros. Facilmente se verifica que 14% das intenções totais são transcrições de intenções de outros elementos exteriores ao mestrado.

Por último, existem algumas declarações de intenções de valor residual (8%) caracterizadas por indefinições de carácter futuro e/ou interrogativo.


Conclusões

Se avaliarmos a qualidade do Primeiro Mestrado Mundial em Piadas Secas pela execução das intenções apresentadas pelos seus mestrandos concluímos que este mestrado tem uma avaliação positiva. Mais de 50% dos objectivos a que os mestrandos se propõem são atingidos.
A originalidade musical também transpira nos dados obtidos e que pode ser observada em 24% das intenções proferidas. Os mestrandos têm um particular cuidado no enriquecimento das sua dissertações, que recheiam com declarações de intenções de elementos consagrados exteriores ao próprio mestrado.

Recomendações

Pelas razões expostas no capítulo anterior, a Comissão Dependente Mundial para a Avaliação do Primeiro Mestrado Mundial em Piadas Secas recomenda a frequência deste curso de pós-graduação.

13 comentários:

TRAlves disse...

Vou declarar, por meio desta dissertação, a minha intenção de fazer uma dissertação com o intuito de realizar uma proposta de resolução para a referida intenção.

Sofia Bento disse...

O sr. TRAlves não me dê cabo dos dados e abstenha-se de dizer "vou", se faz favor!

TRAlves disse...

Peço desculpa. Já agora, tenho de felicitá-la pelo excelente trabalho de pesquisa. Agradecemos o estudo que mostra que realmente temos um longo caminho a percorrer. Se queremos estar descredibilizados, como queremos, temos que baixar essa marca dos 55%! Aqui fica o meu contributo:

Vou inventar uma piada tão má que toda a raça humana fique subjugada a ela, e criarei uma Nova Ordem Mundial!

Sofia Bento disse...

Não temos de baixar. Temos de subir.

O seu "vou" não vale de nada, a não ser que crie mesmo a tal piada. Enquanto o não fizer, não será contabilizado como executado.

TRAlves disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
TRAlves disse...

Ai é subir? Não sei se essa será a opinião de todos os co-blossequistas, mas tudo bem.
Em todo o caso, retiro aquilo da Nova Ordem Mundial... ser líder supremo deve ser uma coisa que dá muita chatice.

Sofia Bento disse...

Pois claro que é subir, mas se o cavalheiro prefere baixar, esteja à vontade. Depois não se queixe.

RJT disse...

Que post tão comprido... Eu vou mas é trabalhar.

RJT disse...

Era só para confirmar que fui, de facto, trabalhar.

RJT disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Gabriel_MM disse...

Eu penso que voces devem, de facto, é subir e baixar, repetidas vezes e com ritmos diferenciados. Assim sim, farão NASCER uma nova ordem mundial.

Gabriel_MM disse...

MAis informo: os "contributors" deixaram de estar visíveis... sendo esses os mestrandos desta revolução académica blossequista, creio que pelo menos metade da turma reprovou por faltas.

Gabriel_MM disse...

"Os dados foram obtidos através da análise de conteúdo dos posts (a que só os mestrandos do 1º MPS têm acesso). Para evitar desvios analíticos, abstivémo-nos de analisar os comments, acessíveis a elementos exteriores ao Mestrado."

Obrigadíssimo pela consideração, ilustríssima, brilhantíssima, excelentíssima, engraçadíssima, sapientíssima, sublíme MESTRANDA.
Quando for grande, quero ser como a menina!