domingo, março 13, 2005

A da ambulancia...

Sogra: Oh! Estou-me a sentir mal! Acho que é desta. POR FAVOR, CHAMA-ME UMA AMBULÂNCIA!
Genro: Está bem. És uma ambulância.

Tirado do programa dos Indianos que dá ao sábado à noite "Goodness Gracious Me". Indiano!

12 comentários:

Sofia Bento disse...

Esta não é uma piada seca, embora a forma séria como é contada tenha a sua elegância. Dormi mal porque perto de minha casa um cão uivou toda a noite, pelo que me lembrei desta:

1º vizinho (em tom sério, voz grave, para outro vizinho) - O seu cão uivou toda a noite... está pressentindo a morte...
2º vizinho (dono do cão, muito assustado) - A morte?! De quem?
1º vizinho (muito sério)- A dele, se esta noite uivar outra vez.

Há algum tempo, descobri também uma piada que parece ter muita graça, embora eu deva dizer que não a vejo:

Grupo de amigos, rapazes e raparigas, num café ou num bar. Uma das raparigas levanta-se e diz
- Já venho
Eu levanto-me e digo:
- Espera, é melhor ir contigo antes que fiques falada...
(só funciona com raparigas, obviamente)

RedScout disse...

Menina Sofia... somos dois a não perceber a segunda. Mas eu nem me preocupo muito em não perceber, já que é uma piada de raparigas (ia para escrever gajas mas depois as gajas podiam levar-me a mal).

Sofia Bento disse...

Oh, sr. RedScout, eu percebo a segunda, não acho é que tenha piada.

Obrigada por não ter dito "gajas", sr. RedScout.

TRAlves disse...

É uma piada seca sim senhores! Tenho em minha posse facto que o provam... ou não.

RJT disse...

Esse programas às vezes tem umas pérolas fantásticas (não é propriamente este o caso).
Anyway, eu acho que esta é um bocado seca.

TRAlves disse...

É SECA E TU NÃO MANDAS EM MIM!

Sofia Bento disse...

Oh, desculpem, quando eu disse que era seca referia-me à primeira piada que eu escrevi e a qual hesitei em colocar neste blog por não me parecer seca.

A do Sr. TRAlves parece-me seca, sim, senhor.

Quanto à segunda piada, que eu não considero ter piada, é melhor explicar. Ora, os rapazes já se devem ter apercebido disto. Aliás, esta é daquelas questões perfeitamente razoáveis para qualquer rapariga e perfeitamente estranhas para qualquer rapaz. Quando estiverem num café ou num bar, hão-de reparar que as mulheres quando vão à casa-de-banho, vão sempre, no mínimo, aos pares. Pelo que, se uma rapariga for sozinha isso acaba por ser muito estranho e, até, quem sabe, dar origem a falatório...
:)

Sofia Bento disse...

E o sr. TRAlves faça o favor de não gritar com os colegas, nem fazer voz de mau.

HeroOfTheDay disse...

Esta também não é seca (antes pelo contrário) e eu até já a conhecia. Mas contaram-ma em Italiano pelo que acho que a devo ressuscitar:

Está um tipo a fazer equilibrismo em cima de um arame preso a dois edifícios com vários metros de altura.
Está outro tipo a receber sexo oral de uma idosa desdentada.
O que não devem fazer estes dois tipos?

RedScout disse...

Menina Sofia: Eu pensei nesse estranho facto de as meninas (mais uma vez não disse gajas, embora gajas para mim não seja depreciativo) irem sempre aos pares à casa de banho, mas continuo a não ver a piada (pronto, eu sei que é segunda feira...)

Sr. HeroOfTheDay: vou tentar queimar alguns neurónios a hora de almoço a pensar nisso.
Pensando melhor... almoçar a pensar numa velha desdentada a praticar sexo oral com um gajo não deve ser lá muito bom...

RedScout disse...

Olhei de repente para o título do post e veio-me à cabeça a do padre:

-Já conheces a do padre?
- Não!
- Vai lá que ele mostra-ta

Gabriel_MM disse...

Sr. HeroOfTheDay, creio que nenhum dos dois deve olhar para baixo. E, se assim o fizerem, lamento desapontá-lo, mas se o jovem não olhar para a "geriátrica desdentição" que o agracia com tamanha simpatia, a piada não será nada seca. Para bem de ambos. Ou não...