domingo, fevereiro 13, 2005

Cófibreique

Já ando há alguns dias para escrever este post mas a falta de tempo tem-me feito adiá-lo sucessivamente. Finalmente, resolvi-me (muito por culpa do RJT que resolveu imitar umas luzes que eu já tinha trocado com ele sobre este post - mas isto não fica assim, sim, porque eu tenho testemunhas).

Isto é uma história verídica, passada durante uma pequena pausa no trabalho de uma conhecida empresa da zona de Coimbra, que vou designar simplesmente por CSW.

Eram cerca de cinco da tarde e três jovens que obviamente não vou revelar quem eram e que vou designar pelos três primeiros nomes que me vieram à cabeça: Tiago, Ricardo e Pedro. Não sei porque razão nestes casos se utilizam nomes falsos mas resolvi fazer o mesmo.

O Tiago encheu dois copos de água para acabar com o garrafão da água e assim poder colocar um novo garrafão de água cheio na máquina e impressionar a nova estagiária (sim, também estava uma estagiária em cena e que vou chamar, deixa cá ver, Inês já que é um nome que eu até gosto). Às tantas, diz o Tiago: "Este copo está roto!". Responde o Pedro: "Sim, está! Tem um grande buraco por cima!" Com este episódio prova-se que também se podem fazer piadas secas sobre água.

A conversa continuou e a certa altura falava-se de línguas e a conversa já ía no mandarim e no cantonês. Até que alguém (não me recordo quem) referiu que a Inês sabia falar mandarim. Na CSW há uma pessoa que sabe cantonês mas, segundo o Pedro, isso até é fácil. Ele dirigiu-se para o canto da sala e disse: "Falar cantonês é fácil! Vêem?! Tou a falar cantonês! Basta estar no canto."

Pronto. O post já vai comprido e vai sem piada nenhuma portanto vou mas é dormir.


P.S.: Parece que vai ganhar as eleições.

P.P.S: RJT: é bom que tenhas um bom advogado ou ainda vais pagar muito por causa dos direitos de autor!

5 comentários:

RJT disse...

Se o facto de eu ter inconscientemente roubado uma ideia tua te fez fazer esse post, ainda bem.
Estas duas pérolas (entre muitas com que o Pedro brindou os outros nesse cofibreique) assistidas ao vivo, foram um momento mágico, que se perde um bocado a contar. Quer dizer, suponho eu. Como diria a outra, eu não sei bem, não estava lá.

RedScout disse...

Imagino que devam ter sido momentos magníficos. Gostava de lá ter estado para assistir.

TRAlves disse...

Acho que podíamos era começar todos a usar isto do "Vou atribuir nomes aleatórios para preservar a confidencialidade" e depois dizer os nomes verdadeiros, por vários motivos:

1- Assim sabe-se de quem é que se está a falar. Já algumas pessoas (ok, uma pessoa) se queixaram do facto de andarmos para aqui a mandar private jokes num blog que está a crescer.

1- Cria-se um efeito parecido com dos Fonsecas e Meireles no GF, ou como um "And noe for something completly different" dos MP. É uma forma que tem alguma piada boa para começar os nossos sketches.. quer dizer, episódio... POSTS! É isso, nós AINDA só fazemos posts :(.

RedScout disse...

Olhem que coincidência: As três pessoas que até agoram comentaram este post têm os mesmos nomes que eu resolvi inventar para o post. Há coisas realmente curiosas...

RJT disse...

eu concordo com o tralves... vai ser o nosso personalidade jurídica