segunda-feira, novembro 07, 2005

O 2º membro honorário

A pedido de muitas famílias (na verdade é apenas porque me apetece), aqui está o maior hit musical desse grande ícone (ou não) da música popular (ou não) Portuguesa, o 2º membro honorário deste blog, o inigualável (porque é impossível descer tão baixo) Graciano Saga. Também disponível para download, a partir de hoje, no lado direito do blog.

8 comentários:

RedScout disse...

Para quem quiser cantar também:

"Imigrante vem devagar por favor,
temos muito tempo para lá chegar
e depois, lá diz o velho ditado:
Mais vale um minuto na vida,
do que a vida num minuto."

Passou-se no mês de Agosto,
este drama tão cruel
de um imigrante infeliz
Foi tanta a pouca sorte,
na estrada encontrou a morte
quando vinha ao seu país.

Do trabalho veio a casa,
preparou a sua mala
e partia da Alemanha
Mas seu destino afinal
acabou por ser fatal
numa estrada em Espanha.

Dizem aqueles que viram
que ele ia tão apressado
a grande velocidade
Foi o sono que lhe deu
o controlo ele perdeu
desse carro de maldade.

Foi o sono que lhe deu
o controlo ele perdeu
desse carro de maldade.

Trazia na sua mente
ir ver o seu pai doente
que estava no hospital
Na ideia um só pensar
o seu paizinho beijar
ao chegar a Portugal.

Mas tudo foi de repente
partiu de Benavente
o drama aconteceu
Ele vinha tão cansado
de tanto já ter rolado
e então adormeceu.

Nada podendo fazer
num camião foi bater
e deu-se o choque frontal
Seu carro se esmagou
e desfeito ele ficou
num acidente mortal.

Seu carro se esmagou
e desfeito ele ficou
num acidente mortal.

Ele não vinha sozinho
trazia também consigo
sua mulher e filhinho
Sem dar conta de nada
e naquela madrugada
morrem os três no caminho.

Quando a notícia chegou
no hospital alguém contou
o desastre que aconteceu
Seu pai que tanto sofria
nunca mais o filho via
fechou os olhos morreu.

Imigrantes oiçam bem
não vale a pena correr
porque pode ser fatal
Venham todos devagar
há tempo para cá chegar
e abraçar Portugal.

Venham todos devagar
há tempo para cá chegar
e abraçar Portugal.

RJT disse...

Não é imigrante, é emigrante...

HeroOfTheDay disse...

Bem, dizer isto é quase redundante, mas isso depende do ponto de vista :P

De qualquer maneira, o erro, a existir, é do Graciano, o que é chocante. Eu a pensar que ele era altamente letrado e ele faz uma destas... No original, é Imigrante.

RJT disse...

"Do trabalho veio a casa,
preparou a sua mala
e partia da Alemanha"

Vejamos as prespectivas:

-do ponto de vista de um Alemão, devia ser: "Vai devagar imigrante"

-do ponto de vista de um Português, devia ser: "Vem devegar emigrante"

Por isso há sempre um erro. Devo dizer que o Graciano me desiludiu imenso. Nunca pensei...

RedScout disse...

Se formos à procura de erros, paramos logo na primeira frase: Imigrante vem devagar por favor, temos muito tempo para lá chegar... Então é VEM devagar porque tens muito tempo para LÁ chegar?

HeroOfTheDay disse...

Quer-me parecer que vocês estão a pensar demasiado em algo cujo próprio fim é a negação do pensamento :)

RJT disse...

Isto é um escandalo!

lagrymapreta disse...

Pronto, já tirei a música da minha lista de transferência, não fosse eu, por engano, pôr a música a tocar novamente.