sexta-feira, junho 17, 2005

Jardinains!

Falei há algum tempo neste jogo a uns colegas de gabinete. A coisa começa a ser tão grave que um deles, retirou o rato do PC, onde ía começar a trabalhar, ligou-o ao laptop, pôs-se a jogar Jardinains e justificou:
- É só para aquecer o rato!

13 comentários:

RJT disse...

O meu gato gosta de aquecer ratos. Acho que é por isso que ele os mete na boca. Para eles ficarem quentinhos.

Gabriel_MM disse...

Confesso que o jogo é giro. Não tem o encanto do velhinho Arkanoid, mas nem todos podem ter o privilégio de, como eu, ainda lá terem o seu primeiro computador guardado, e a trabalhar perfeitamente. Um 80386 a 33 MHz, onde co-habitam todos os grandes nomes da "gamelândia jurássica": aquela 1ª versão - original! -, do Tetris, o Pac-man, Dangerous Dave, Prince of Persia, Roda da Sorte, Bubbles, Pang, Arkanoid, Elifoot, e o indescritível e genial... ai, como se chama isso... uma bola que comia espaços verdes, e tinha que fugir de tesouras muito vorazes, e fazia explodir umas disquetes... ai, pá, como se chama esse jogo?

RedScout disse...

Em minha casa já está tudo viciado... :)

HeroOfTheDay disse...

Ai Gabriel, Gabriel, ler essa lista trouxe-me lágrimas aos olhos... Ah, não, afinal era a cebola da salada que estou a comer. Peço desculpa.

Joguei Tetris
Joguei Pac-man e mil clones
Joguei Dangerous Dave e Duke Nukem
Joguei Prince Of Persia
Joguei Roda da Sorte
Joguei Bubbles (Bubble & Bobble a dois é a melhor experiência social que alguma vez tive, com a roupa vestida e sem contacto físico)
Joguei Pang
Joguei Arkanoid 5000 vezes por dia
Joguei Elifoot
e sim, admito, também joguei o grande, grandíssimo SupaPlex!!!!

Mas joguei tanto mais. Toda a série Monkey Island e os inesquecíveis duelos de insultos. O maior de todos, o Day Of The Tentacle, e tanto, tanto mais.

Devo dizer que um 80386 a 33 é muito pouco impressionante. O meu tio ainda tem lá o Spectrum a bombar e nós no Museu tínhamos o Amiga onde ainda dá para jogar o Simpsons vs. Space Mutant. Eu próprio tive vários antecedentes do 80386, com uma gama enorme de monitores monocromáticos verde e laranja fluorescente que dava completamente cabo dos olhos (segundo diziam, porque ainda hoje não uso óculos. Não vejo um cú, mas não uso óculos :P). Lembro-me inclusivé de uma vez, por ocasião dos anos de alguém, ou simplesmente porque calhou (e felizmente, calhava muitas vezes com a nossa família) estarem todos a rodear-me e a admirarem a perícia com que eu manejava o teclado na vez em que bati o meu recorde absoluto do Tetris, no monitor monocromático verde.
Ainda hoje não sei porquê, mas quando um jogo me começava a correr super-bem (naquela versão, acho que era quando se passava dos 25000 pontos), eu começava a cantar "Maria" dos Xutos e Pontapés.

Gabriel_MM disse...

Ai, o Supaplex, pois é... alguém quer algum destes jogos? Como se recordam, estes jogos eram muito "poupadinhos", e uma disquete dava para transportar 5 ou 6 destas maravilhas. Não sei se ainda correm, em ambiente Windows... podiamos re-iniciar uma mega-corrente Supaplex!

RJT disse...

Eu nunca joguei Supaplex, nem Monkey Island. O único que joguei bastante das chamadas aventuras gráficas foi o Hand of Fate 2, um jogo já bastante mais avançado (que ocupava umas monstruosas 18 disquetes!). O ponto mais alto foi usar uma pena para fazer chorar a rir um crocodilo (havia uma poção em que um dos ingredientes era lágrimas de crocodiloo).

Mas esses jogos são todos muito recentes... Eu curtia era Chucky Egg, Rampage (a dois) e um jogo que mais ninguem curtia chamado (penso eu) Vikings.

HeroOfTheDay disse...

Quê? Eu adorava o "The Lost Vikings"! Mas se gostas de aventuras gráficas misturadas com humor, o Day Of The Tentacle e o Monkey Island têm o teu nome escrito (vá, agora não te vás pôr à procura na caixa do jogo...)

O Supaplex está disponível gratuitamente aqui.

RJT disse...

Não era o lost vikings! Esse era o dos três viking em que cada um tinha a sua especialidade, não era? Este que eu estou a falar era um jogo de estratégia por turnos para o Spectrum. Era genial, mas não sei porquê ninguem conhecia e o meu irmão odiava o jogo (grandes guerras por causa desse jogo lá em casa...). Acho que o pessoal do spectrum não estava preparado para a estratégia. Acho que o primeiro sucesso nesse campo foi mesmo o civilization.

Anónimo disse...

vocês mudaram a minha vida - ressuscitei
pessoal, o gajo que aqueceu o rato fui eu e vim aqui espreitar o post da Sofia Bento. quando vi os comentários, fiquei doido com a possibilidade de reaver o jogo em que "uma bola que comia espaços verdes, e tinha que fugir de tesouras muito vorazes, e fazia explodir umas disquetes..." depois alguem disse o nome!... Lancei o Firefox a grd velocidade e... SAQUEI-O. E sou uma pessoa mais feliz desde então... :)

Ass: Hugo Cardoso

Anónimo disse...

lembrei-me de outra coisa...
alguem tem um jogo que eram dois gorilas em cima de edificios a mandar bananas explosivas um ao outro? era necessário inserir a velocidade e o angulo da banana. alguem tem? alguem sabe o nome? é mais um tesouro perdido...

Ass.: Hugo Cardoso

Gabriel_MM disse...

Esse era o Gorila, ou Gorilla, ou Bananaman (eheheh), e vinha, tal como o nibbles (vulgo: serpente) com o GW Basic e o QBasic. Aliás, os jogos eram feitos em basic, creio. Depois, desapareceram...

HeroOfTheDay disse...

É verdade. Mas há imensos clones desse jogo e, a menos que se tenha um fetishe por bananas, gorilas e cores foleiras, fazem exactamente a mesma função.

P.S.: Eu tenho um fetishe por bananas, gorilas e cores foleiras :)

HeroOfTheDay disse...

Oi outra vez. Está aqui uma screenshot do Gorilla.

Correr isto é mais complicado... O código fonte é fácil de arranjar, mas depois tem de se compilar e ainda não consegui... Ah, e convém aranjar um bom emulador de DOS. Correr no Windows XP/2000 não me parece...