segunda-feira, maio 30, 2005

Fanático Star Wars? Eu?

Não sei porquê, mas desconfio que algumas pessoas que trabalham aqui na empresa julgam que eu sou alguma espécie de fanático Star Wars, mas eu juro pelo código dos jedis que é tudo mentira! Quando cheguei, tinham desligado o som do meu portátil só porque de vez em quando solta uns gritos do chewbakka, frases do 3-CPO e do Obi-Wan, e o barulho que os speedfighters e x-wings. Depois porque o meu telemóvel toca com um magnífico "tan tan tan taaaaan TAN tatataTAAAAN tan..." quando eu nem sequer deixei a música de 3 minutos chegar ao fim! Nos wallpapers do portátil e telemóvel são alusivos à bela twi'lek Aayla Secura, e que mal tem? Há gajos que gostam de loiras, outros que gostam de morenas. Eu tenho um fraquinho por gajas azuis com tentáculos a sair da cabeça. E como beberia eu água se não tivesse aqui a minha caneca com a cabeça do Darth Vader?
Ainda hei-de trazer as minhas miniaturas star wars e a minha namorada quando a convencer a pintar-se de azul e a deixar crescer tentáculos na cabeça... ok, e quando tiver uma namorada.
Se me voltarem a chamar fanático de star wars, pego no meu lightsaber e corto-os todos, qual Anakin enraivecido!

17 comentários:

RJT disse...

Eu tenho um sonho. Um dias, todos os verdadeiros conhecedores da Força vão ser respeitados. Sim, porque hoje em dia somos olhados de lado, só por termos uma caneca do Darth Vader ou um vulgar sabre de luz. Ou por cantarolarmos "tan tan taran, tan taran, TAN TAN TARAN TAN TARAN TAN TARAN, tan tan taran tan tarararan, tan tan tan tarararan, tan tan tan taran tan taran". Pfff!

TRAlves disse...

Hum, eu acho que sou respeitado. Apesar de se rirem nas minhas costas, eu sei que me respeitam. Às vezes também se riem n minha cara, mas na maior parte das vezes eles riem-se de lado, porque, como disse o RJT, é dessa posição que eles nos olham.
RJT, não chames o meu lightsaber de vulgar! Vulgar é teu, que foi comprado no Watto.

Agora todos! TAN TAN TAN TAN TARAM TAN TARAN!...

RedScout disse...

Pra quem ainda não viu a caneca, é um misto de Darth Vader com Hannibal...

Sofia Bento disse...

"TAN TAN TAN TAN TARAM TAN TARAN!..."

ei, isto parece a música do Indiana Jones :P

HeroOfTheDay disse...

Ya, a letra está errada. É "Tan tan taaaan taaan tan tan taaaan tan tan tan tan tan tan ratatatan". Ora vejam lá se não é.

RJT disse...

Os themes do Jonh Williams são quase todos assim. Apesar de eu ser um grande fan dele, acho que abusa um bocado dos "tans"

RJT disse...

John Williams, aliás...

Gabriel_MM disse...

Mudou "ligeiramente" naquela serenata para violino e orquestra de cordas que serve de fundo musical ao "A lista de Schindler". Aí é mais "ta-ra ta-ra ta-ra-ra-ra ta-ra ta-ra-taaaah..."

RJT disse...

Mas continua a ser variações de "ta" e "ra". O senhor é um bocado limitado...

HeroOfTheDay disse...

Pois, e tu se calhar és infinito, não?

TRAlves disse...

O Senhor é infinito.

HeroOfTheDay disse...

Ou seja, grossito :)

TRAlves disse...

Já agora, esse Sr.John não fez mais que aplicar velhas regras da música erudita. O ritmo usado na Marcha Imperial e outros temas (tan tatatan tan tan tan) é o chamado tripleto diabólico e já foi proibido na idade média.

HeroOfTheDay disse...

Peço desculpa mas a Marcha Imperial é claramente "tan tan tan tan-ta-ran tan-ta-ran"

Gabriel_MM disse...

Nestes "tan-taran's" parece-me haver alguma confusão com o tema "Marte", de Gustav Holst, usado no "Odisseia no espaço". Ou mesmo com a marcha nupcial de Felix Mendelssohn!!!

RJT disse...

Há uma diferença entre o John Williams e eu: ele é um bocado limitado, eu sou muito limitado.

Actually, o uso da expresão "O senhor é um bocado limitado" era uma referência a um conversa que tive ontem sobre um doente dos HUC. A conclusão dessa conversa foi que esta é uma expressão bastante infeliz, sobretudo usada por um professor de medicina para se referir a um doente.

TRAlves disse...

Eu estava a falar do ritmo que está sempre em background na música. A interpretação do Sr.Day, no entanto, é notável! Os seus talentos vocais já são conhecidos, mas pelos vistos também temos um exímio hmmmmer.