quinta-feira, novembro 11, 2004

Palestiniano morre inteiro...

Já viram? Afinal os terroristas não precisam explodir num autocarro, nem ir com um avião contra uns prédios! Morreu hoje um de morte natural no quentinho de um bom hospital francês e é um HERÓI!
Caro amigo terrorista que estás a ler este blog: tira o cinto de C4 e morre corajosamente pela pátria (quando a palestina for um país, até lá, morre pela tua localidade) QUANDO CHEGAR A TUA HORA... sem pressas(*).

PS: Esta é a minha primeira piada política. Estou orgulhoso. Se calhar até vou começar a ver as notícias em vez de ver o jornal da TVI.

(*)Dirige-te ao líder religioso da tua região e consulta a legislação em vigor acerca no número de virgens a que tens direito.

40 comentários:

zarroba disse...

Oh Porky acho que não devias enveredar pelas piadas políticas...
Ainda para mais numa altura em que o mundo ainda está a chorar a morte deste grande líder que lutou até ao fim da vida pela paz.
É que fazer piadas com o 11 de Setembro 2 mins depois de os ataques acontecerem é uma coisa, esta é outra completamente diferente...

TRAlves disse...

A minha intenção não era, obviamente, ferir susceptibilidades. Existem várias opiniões acerca da personagem em causa e da Palestina. Nesta questão devemos estar completamente em lados opostos.
Se leres bem, a minha mensagem não é contra Arafat, mas contra os palestinianos que, ao contrário do seu líder, promovem uma guerra de terrorismo.

Até depois.

HeroOfTheDay disse...

Oh, oh, oh! Então, mas que é isto? Conversas sérias aqui?? Vejam lá se querem levar na tarraqueta!

A partir deste momento, afixo neste blog a seguinte placa:

"Proibido poluir com conversas sérias. Obrigado"

Ah, e sim, eu notei ironia do lado do Zé, mas o Porky começou logo a levar a conversa para um lado que não interessa nem ao menino cujo nome eu não vou dizer, porque senão o Porky começa a levar a conversa para um lado que não interessa nem ao menino cujo nome eu não vou dizer, porque senão o Porky começa a levar a conversa para....
Portanto, acho que devo avisar-vos que a manutenção dessa conduta poderá acarretar para os envolvidos sérias consequências que vão desde um simples beliscão virtual até à obrigação de visionamento de um minuto (sim, um minuto inteirinho) da Quinta das Celebridades.

RedScout disse...

Sargento: 39! O que é a pátria?39: A pátria é a minha Mãe, meu Sargento!Sargento: 46! O que é a Pátria?46: A pátria é a mãe do 39, meu Sargento!

RedScout disse...

Mas para que este conflito? Então a piada não era a parte de "começar a ver as notícias em vez de ver o jornal da TVI"?
:D

RJT disse...

Eu ia mandar a posta de pescada da praxe para manter a minha reputação de ser sempre do contra, mas não me ocorre nada.

RJT disse...

pralém disso, mesmo que mandasse, não interessaria nem ao menino Jesus

TRAlves disse...

O humor é lindo... tráz sempre ao de cima o melhor que há em cada uma de nós...

...

Ai espera! Isso é o "a"mor!
O humor é mais para o pessoal andar à pancada!
- Sr. Sharon! Foi o Zarroba que começou! Vai lá e ataca-lhe um alvo militar!

Anónimo disse...

Fónix, esta está muito fixe... já não me via uma cena tão fixe desde que deixaram de contar anedotas de timorenses...

RedScout disse...

Agora que já enterraram o Arafat, podem continuar a postar...
Entretanto deixo-vos com algo que alguns já conhecem mas que não deixa de ser uma coisa profunda, apesar de não ser bonita:
Eu cavo
Tu cavas
Ele cava
Nós cavamos
Vós cavais
Eles cavam

RJLouro disse...

O que eu acho piada é falar de "localidade" e "religião" alguém que mora todos sabemos onde e que segue a religião que todos também sabemos qual é..

Qualquer dia, vemos um pinguim a rir-se do andar de um gajo que foi apanhado a correr com as calças ao fundo dos pés......

TRAlves disse...

Esse comentário não me afecta... Quanto à localidade, eu tb n gosto dela... não faço a minha vida cá, não saio cá... tenho banda larga, uma rotunda e os assaltantes ainda são um bocado maçaricos (da última vez só levaram moedas e um carrinho de brincar da loja da minha mãe) o que mais posso desejar?

Quanto à religião, opá, eu não sigo uma religião... além disso existe um promenor que faz com que comentários desses não me afectem:
Mais tarde ou mais cedo vocês todos vão fazer piadas de pinguins para o inferno e eu vou estar a curtir bué no céu com ligações de 100 MBit e em que toda a gente usa MacOSX. Acho que lá não há virgens, mas, como já disse um amigo meu: "Não sei o que é que vai substituir o sexo no céu, mas eu vou estar sempre a faze-lo."

Nota: Eu disse isto mas o que eu gostava mesmo é que fossemos todos inventar piadas secas por toda a eternidade, juntos.

RedScout disse...

Essa do 'juntos'... soa muito a uma cena gay!

topealvim disse...

Esta veio no Público no bartoon (não tenho aqui o jornal mas penso que o sentido vem mais ou menos intacto - a não vir, vem também mais seco - que é o objectivo).

- "Vão decretar uma semana de luto por causa da morte do Arafat na palestina".
- "Hum... E a semana começa a contar quando? Desde que a morte foi anunciada pela primeira vez, ou desde que foi confirmada?

HeroOfTheDay disse...

A seguinte citação resume muito do que penso sobre toda a questão da religião:

"I don't see any god up here."
- Yuri Gagarin (in orbit, 1961)

E estoutra revela que, independentemente disso, não devemos levar a vida absolutamente a sério, como disse o Einstein:

"In the beginning, the Universe was created. This has made a lot of people very angry and been widely regarded as a bad move."
- Douglas Adams

HeroOfTheDay disse...

E já agora:

"The Riddle of Epicurus"
Is God willing to prevent evil, but not able? Then he is not omnipotent.
Is he able, but not willing? Then he is malevolent.
Is he both able and willing? Then whence cometh evil?
Is he neither able nor willing? Then why call him God?

tirado de http://www.positiveatheism.org/.

TRAlves disse...

Opá... tenho que responder...
DISCLAIMER: This comment can and will contain information that may be considered LAMEXAS and/or SÉRIA! So if it sounds like something you don't want to read, then just DON'T READ!

Eu tb acho que a criação do Universo foi um bocado má ideia principalmente dp dos seres humanos. Eu às vezes pergunto: Onde estava Deus quando criaram o Delphi?
A resposta leva ao teu segundo post: Em todo o lado.
É assim: Deus É amor (não é "tem amor", amor é a própria essência de Deus). Ele escolheu criar seres a quem possa amar e que possam ama-Lo, apesar de saber que iamos fazer muita porcaria (como por exemplo o Delphi). Por isso se existe maldade mundo, a culpa é dos homens e mulheres que escolheram fazer asneira. (Isto por agora, porque num dia destes a Justiça de Deus vai mesmo acabar com o Delphi e toda a outra maldade.)

Eu não pude deixar de responder a isto... mas são conversas que interessam e muito ao...

HeroOfTheDay disse...

Porky: Estás à vontade. Enquanto fores fazendo referências ao Delphi, tudo isto pode ser encarado como uma grande piada seca.
O que me parece é que a tua convicção se baseia em pilares tão bons como os que neste momento sustentam o túnel do Rossio. E porquê? Porque me parece que dizer que "Deus é amor" e "Deus está em todo o lado" é exactamente igual a dizer que Deus não existe. Que "Deus está em todo o lado", que Deus somos todos nós, do mais insignificante grão de areia até aos mais sublimes exemplares da raça humana (como eu e tu), é o que o Budismo diz, e para mim o Budismo não é uma religião, pelo menos uma religião como as outras. Ou então eu sou religioso, até Budista. Simplesmente não acredito em Deus. Será a questão simplesmente de nomenclatura?

Por isso é que a adivinha Epicurista é bonita (agora em Português, para que fique mais claro, ou não):

Está Deus disposto a evitar o mal, mas não é capaz? Então não é omnipotente.
É capaz, mas não está disposto a isso? Então é malévolo.
Está disposto a isso e é capaz disso? Então, de onde vem o mal?
Não está disposto a isso nem é capaz disso? Então, porquê chamar-lhe Deus?

TRAlves disse...

Eu tentei explicar isso mesmo no último post, mas cá vai outra vez: Deus quis que tu e eu tivéssemos escolha. Deus criou a natureza, os animaizinhos, os anjinhos e isso tudo, que faziam a Sua vontade na perfeição, mas isso não chegou. Ele quis criar alguém com quem se pudesse relacionar. Agora, Ele PODE acabar com todo o mal (e um dia irá fazê-lo) mas se existe agora maldade no mundo, a culpa é dos homens e não dEle. Espero que isto tenha respondido à pergunta "Então, de onde vem o mal?".
Existem, no entanto, uns quantos bacanos espalhados pelo planeta que até escolhem Deus... acredito que este facto faça com que esta história de humanidade até tenha valido a pena...

Se alguém quiser, eu converto pessoas mais barato que na IURD... Envia um frase original e habilita-te a um fantástico brinde surpresa.

RedScout disse...

Esse brinde surpresa é loira, usa mini-saia e tem airbag de série?

RJT disse...

Essa adivinha Epicurista só faz sentido para quem não acredita em Deus (aqui entendido na tradição judaica-cristã-muçulmana).
Se eu acreditar na eternidade, então o mal é apenas um teste, e não é realmente mau que exista o mal. E todo o sofrimento não é nada comparado com as recompensas que depois virão.

Se é para usar a lógica, eu prefiro aquela do "Se Deus é omnipotente, então pode criar algo que não consiga destruir?".

E para também citar o Douglas Adams, a última mensagem de Deus à Criação:
"We apologize for any inconvenience."
Se há alguma coisa que prova que Deus existe, são coisas como esse livro.

RJT disse...

E porque isto de citar o Douglas Adams é como recordar os sketches do Gato Fedorento (um gajo nunca mais acaba), aqui vai outra:

"St. Antwelm had been, during his lifetime, a great and popular king who had make a great assumption. What King Antwelm had assumed was that what everybody wanted, all other things being equal, was to be happy and enjoy themselves and have the best possible time together. His Assumption had been such a brilliantly good one that he was made into a saint for it. Not only that, but all the people who had previously been made into saints doing doing things like being stoned to death were instantly demoted and were now thought to be rather embarassing."

Também há uma muito boa do Ford Prefect que eu já posto mal encontre.

RJT disse...

Finalmente. É uma conversa entre o Ford e o Arthur. Diz o Ford:
"Your God person puts an apple tree in the middle of a garden and says, do what you like guys, oh, but don't eat the apple. Surprise surprise, they eat it and he leaps out from behind a bush shouting 'Gotcha!'. It wouldn't have made any difference if they hadn't eaten it."
"Why not?"
"Because if you're dealing with somebody who has the sort of mentality which likes leaving hats on the pavement with bricks under them you know perfectly well they won't give up. They'll get you in the end."


e para resumir esta discussão:
Arthur
"I think we have different value systems."
Ford
"Well, mine's better."

RedScout disse...

Voltando ao post e ao Arafat...

Sabem porque é que os israelitas não o deixaram enterrar em Jerusalém?
Porque já tinham o caso de uma pessoa famosa que tinha sido lá enterrada e ressuscitou 3 dias depois. Não podiam arriscar a que tal sucedesse outra vez.

TRAlves disse...

Existem lógicas que acabam por não ter lógica porque são feitas por mentes limitadas... a capacidade de Deus é infinita... não podes comparar duas coisas infinitas (a capacidade para criar e a capacidade para destruir) para ver qual é a maior delas. São ambas infinitas.

Quanto à do Arafat, lembrou-me de uma coisa: ele queria que a capital da Palestina fosse Jesusalém... tipo JERUSALÉM!?! A cidade que pertence ao povo judeu à cerca de 4 mil anos, agora devia passar a ser Palestina? Ganhem juízo... Pelo mundo fora existem milhões e milhões de documentos comprovativos, alias, o maior best seller da história, o livro traduzido para mais línguas e idiomas do mundo- A BÍBLIA.
Tive uma ideia! E se Portugal anexasse o Vaticano, han? Era fixe! Desde há uns anos para cá só temos perdido bocados de território (Angola, Timor, Macau, etc...) tá na hora de recuperar.

RJT disse...

"Existem lógicas que acabam por não ter lógica porque são feitas por mentes limitadas... a capacidade de Deus é infinita... não podes comparar duas coisas infinitas (a capacidade para criar e a capacidade para destruir) para ver qual é a maior delas. São ambas infinitas."

Eu percebo isso, e é precisamente por causa disso que eu não tenho nada contra a fé, mas sim contra a religião.

"Quanto à do Arafat, lembrou-me de uma coisa: ele queria que a capital da Palestina fosse Jesusalém... tipo JERUSALÉM!?! A cidade que pertence ao povo judeu à cerca de 4 mil anos, agora devia passar a ser Palestina? Ganhem juízo... Pelo mundo fora existem milhões e milhões de documentos comprovativos, alias, o maior best seller da história, o livro traduzido para mais línguas e idiomas do mundo- A BÍBLIA."

Primeiro, é só uma parte de Jerusalém que os palestinianos querem como capital.
Segundo, graças a Deus que não está transposta para a lei internacional o reconhecimento da Bíblia enquanto fonte de direito (a César o que é de César)
Terceiro, eu já ouvi rabinos a falarem contra a existênca do estado israelita precisamente usando o Velho Testamento como justificação
Quarto, O Código Da Vinci também é um bestseller, o que não dele nem verdadeiro, nem bom

TRAlves disse...

Não interessa se os Palestinianos querem só uma parte. .. até podiam querer só 1 m2 para por um fogareiro e assar umas sardinhas. Jerusalém é 'A' cidade do povo escolhido por Deus.
"Segundo, graças a Deus...", não! Eu acredito que este problema ultrapassa qualquer questão legal feita por homens.
Ok, é obvio que o argumento do best seller era só um pretexto... A Bíblia é a Palavra de Deus e isso faz com ela seja certa e verdadeira...

Posso dizer que as coisas estão a preparar-se para o cumprimento as profecias do Apocalipse... O povo de Israel tinha que voltar à sua terra. O estado de Israel já se repos-se (nos anos cinquenta). Durante mais de mil anos os judeus foram espalhados pelo mundo, mas não perderam a identidade, enquanto um tuga vai para França por dois anos e já volta a dizer "Jean Michele, vien ici, senão eu parto-te a cara avec un estalè". O mundo está a voltar-se contra Israel. Ainda falta o templo ser construído em Jerusalém no sítio em que estava dantes (no lugar onde está a mesquita, ou parece que se calhar é um bocado ao lado).
Acredito que ainda vou ver todas estas coisas acontecerem juntamente com todas as outras profecias.

zarroba disse...

Parece que além do blog para o Tiago fazer os seus desabafos laborais, acho que temos que criar um blog para discussão Teológica...

RedScout disse...

Algumas discussões teológicas até deviam ser bem interessantes.

RedScout disse...

Este é o comentário #30 !

TRAlves disse...

Este é o comentário # 31!

RJT disse...

Não interessa se os Palestinianos querem só uma parte. .. até podiam querer só 1 m2 para por um fogareiro e assar umas sardinhas. Jerusalém é 'A' cidade do povo escolhido por Deus.
"Segundo, graças a Deus...", não! Eu acredito que este problema ultrapassa qualquer questão legal feita por homens.

Precisamente por isso: as questões legais são questões humanas. Logo, não estou a perceber por que raio é que a capital do estado palestiniano não possa ser essa. Aquela cidade é santa para muita gente, se tiverem cuidado chega para todos.

RedScout: estarás a insinuar que esta não é interessante?

RedScout disse...

Não, não estava a insinuar nada!

Sim, Jerusalém é cidade santa para várias religiões e o problema está nas pessoas que não querem partilhar.

RJT disse...

acho q este post merecia um prémio pela qtd de comentários que já teve...

HeroOfTheDay disse...

Este post tem duas funções, nenhuma das quais relacionada quer com o post inicial, quer com algum dos comentários nele efectuados, quer com a função deste blog:

1 - Verificar quantos dos bloguistas são suficientemente fiéis para percorrer todo o blog à procura de actualizações nos comentários a um dos posts, independentemente da data do post inicial, fazendo assim ver aos restantes bloguistas o quão viciado está nisto. Levantem o braço e acusem-se!

2 - Fazer o post #35, incitando assim aos posts #36, #37 e por aí fora, cuja existência é inevitável na razão inversa da qual é provável ler o ponto nº1 deste comment e ficar quieto.

TRAlves disse...

Pois atão é óbvio que eu vejo... ainda por cima da maneira como a conversa descambou, tinha que verificar se algum de vocês tinha dito uma asneira qualquer...
Tenho pena que mais um post, e este vai desaparecer... foi uma conversa interessante.
Ou não.

RedScout disse...

Vai desaparecer... ou talvez não...

RJT disse...

Já podemos baixar os braços?

TRAlves disse...

Pior ainda são os gajos que voltam para ver threads antigas... alguém nestas condições?

RedScout disse...

Mas tu achas que ainda alguém vem ver isto? Só mesmo quem não tem mais nada pra fazer é que se põe aqui a comentar para isto chegar aos 40...