terça-feira, outubro 26, 2004

Nicola power!

Hoje vou experimentar o conceito de “adivinha seca”:

O que diz a zebra à mosca que está em cima dela?

- “Estás na minha listra negra”.


Tenho de referir o local de inspiração: os pacotes de açúcar dos Cafés Nicola, um grande incentivo para a produção nacional de adivinhas secas.

E lanço o debate... Poderá um trocadilho linguístico estrangeiro chegar ao nível dos portugueses? (não se esqueçam do "ketchup" do Pulp Fiction).

Um abraço

tope

15 comentários:

RedScout disse...

Na linha das adivinhas secas:

Mãe e filha vão passar o fim de semana a outra cidade. São já altas horas da noite e elas ainda não conseguiram arranjar hotel para pernoitar. Entretanto, um relógio ali perto dá horas. Que horas eram?

A resposta, dá-la-ei mais tarde :)

TRAlves disse...

duas menos um quarto?

RedScout disse...

:)
Ganhaste! É a tua vez de perguntar...

TRAlves disse...

Quantos engenheiros de software são precisos para mudar uma lâmpada?

TRAlves disse...

Quantos engenheiros de software são precisos para mudar uma lâmpada?

RedScout disse...

Nenhum... Um Eng de Software não muda lâmpadas...

TRAlves disse...

exacto. é um problema de hardware

RedScout disse...

Deixa ca ver se me lembro de mais alguma...

Esta é uma das minhas favoritas:
Como se diferencia um gato de um tijolo?

TRAlves disse...

Para responder à pergunta do Tope, é claro que pode! Aliás, eu diria que a língua portuguesa é das mais difíceis em termos de trocadilhos. Existem muitas palavras, muitos tempos verbais, muitos artigos, muitos géneros (ok, são só dois, mas todas as palavras portuguesas pertencem a um deles), etc.
Este facto pode, no entanto, ajudar uma boa piada seca, já que a torna ainda mais forçada.

- What do you do when you find a spaceman?
- You park, man!

TRAlves disse...

aaa... o gato tem 4 patas e mia enquanto o tijolo é cor-de-laranja e rectangular?

É que se for, já é a terceira que se acerta, o que tira a piada toda. Isto acontece porque normalmente a outra pessoa recusa-se a fazer o esforço de pensar um bocado na resposta e responde logo que não. Num blog tem-se mto tempo para pensar (principalmente quando se está a trabalhar).

O exemplo mais flagrante é a seguinte piada (mais velha do que as barbas da Ti Alzira lá do Canedo que é velha e tem barbas).

-Sabes qual é a diferença entre uma chavena e um penico?
- Não!
(<- vêem?)
- Ah! deve ser uma confusão em tua casa! ou Nunca me convides para um chá em tua casa.

RedScout disse...

Para diferenciar um gato de um tijolo, atiras os dois contra uma parede. O que não miar é o tijolo.

Quanto aos trocadilhos em inglês:
Um protão e um electrão encontram-se e o protão acaba de contar uma grande novidade ao electrão, que não acredita e pergunta:
- Are you sure!- Yes, I'm positive!

HeroOfTheDay disse...

Quando vi a do gato e do tijolo lembrei-me da seguinte resposta:
Mandas um pontapé num e noutro. Aquele em que fores tu a gritar é o tijolo.

TRAlves disse...

Só mais uma neste estilo:

- Porque é que o crocodilo é verde e achatado?
- Porque se fosse redondo e amarelo era um limão.

RedScout disse...

Já é velha mas...

- Como é que um elefante desce de uma árvore?- Senta-se numa folha e espera que chegue o Outono!

RedScout disse...

Lembrei-me desta hoje quando vinha na estrada para ca:

Porque é que em Portugal não se pode tirar uma fotografia a um homem com uma perna de pau?