domingo, outubro 24, 2004

Festa de matemática

Boas a todos, ilustres conhecidos e desconhecidos...

Estamos numa festa onde todos os símbolos matemáticos estão a divertir-se: o sinal de adição e multiplicação estão a enfrascar violentamente ao pé da taça de ponche, o logaritmo está a tentar a sua sorte junto da divisão, o algarismo 3 está a por a conversa em dia com o Pi, etc.

Excepto o exponencial. Está sozinho num canto, sem falar com ninguém, claramente a passar uma das piores noites da sua vida. A vírgula apercebe-se da situação e tenta melhorar a disposição do seu amigo:

- “Exponencial estás aqui totalmente isolado, sem falar com ninguém... Porque não tentas integrar-te na festa?”

- “Oh pah, virgula para quê!!! Eu integro, integro e fico sempre na mesma!



Ps - para quem não gosta de análises e afins o efeito de secura ainda deve ser maior... e para tornar esse efeito ainda pior ;)

nota: editei a punchline segundo o conselho dos talves. realmente assim fica melhor.

5 comentários:

RJLouro disse...

Epá, eu gosto mais é quando o pi' está sobre pi*pi.

topealvim disse...

Não querendo abusar da sorte, mas essa questão do "Pi" até pode servir como censura nos paises ditos "civilizados" (para além da conotação sexual e angular...).

Um abraço Loureiro!

tope

TRAlves disse...
Este comentário foi removido por um gestor do blogue.
TRAlves disse...

Topê! Sê benvindo a este antro de hidrofobia piadética.

Essa é, sem dúvida uma grande piada seca, e engloba-se num vasto conjunto de piadas técnicas. Já agora existe esta que, mais tarde ou mais cedo, iria aparecer neste blog. Esta foi contada pelo Paulo, um matemático colega meu:
Na mesma festa de funções reais de variável real, estavam também o seno e o cosseno a um canto num relacionamento cada vez mais quente. A certa altura vão os dois para um quarto, o cosseno por cima do seno, e alguem bate à porta.
- Tangente!
Foi o que se ouviu de lá de dentro.
Esta penso que ainda é mais técnica, apesar de ser matéria do 12º ano.
Já agora, e porque um dos objectivos deste blog é o aprefeiçoamento técnico ao nível da arte da piada seca, permite-me sugerir que a punch line da tua piada seja:
- Para quê? Eu integro, integro, e fico sempre na mesma!
Acho que a essência da piada seca é ter um final idiotamente inesperado, pelo que este deve ser muito bem pensado de modo a optimizar o choque que ele causa.

RJT disse...

essa piada seca tinha direito a post próprio, caro colega